A TECNOLOGIA PRECISA ESTAR PRESENTE NA SALA DE AULA

08/04/2016

O texto abaixo é de uma pesquisadora da PUC.

Pesquisadora da PUC-SP alerta que o currículo escolar não pode continuar dissociado das novas possibilidades tecnológicas

Texto Elisângela Fernandes

Em um mundo cada vez mais globalizado, utilizar as novas tecnologias de forma integrada ao projeto pedagógico é uma maneira de se aproximar da geração que está nos bancos escolares. A opinião é de Maria Elizabeth Bianconcini de Almeida, coordenadora e docente do Programa de Pós-Graduação em Educação: Currículo, da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP).

Defensora do uso das Tecnologias de Informação e Comunicação (TICs) em sala de aula, Beth Almeida faz uma ressalva: a tecnologia não é um enfeite e o professor precisa compreender em quais situações ela efetivamente ajuda no aprendizado dos alunos. "Sempre pergunto aos que usam a tecnologia em alguma atividade: qual foi a contribuição? O que não poderia ser feito sem a tecnologia? Se ele não consegue identificar claramente, significa que não houve um ganho efetivo", explica.

LEITURA COMPLETA - educarparacrescer

 

Concordo demais, porém , temos que trabalhar melhor os professores. Encontrar formas para engajamento e de fazer "perder" o medo da tecnologia. Não temos como evitar essa prática.

Hoje em dia está MUITO MAIOR a distância entre         escola  ---  professor  ---------------------------------------------- aluno.           

Por isso, como professor e apaixonado pela educação estou sempre buscando uma forma melhor e mais eficiênte de ensinar.

 

Posts relacionados

 

Sobre o autor

 

FRED TAVARES

Fred Tavares - Sou Professor de Matemática, Física e Desenvolvedor. Apaixonado pela EDUCAÇÃO busquei novas formas de me aproximar dos alunos e assim surgiu o GRUPO KATSU e seus produtos.